Pescada-amarela em crosta de castanha de cajú com caruru

Receita de Pescada-amarela em crosta de castanha de cajú com caruru do programa Rede Bahia Revista. Rende 4 porções.

TV Bahia é uma emissora de televisão de Salvador afiliada da TV Globo, sendo a cabeça da Rede Bahia de Televisão, que conta com mais cinco emissoras no interior. Ela atende

Como fazer a pescada-amarela em crosta de castanha

Pescada-amarela em crosta de castanha de cajú com caruru

Ingredientes

pescada

  • 800 gramas de filé de pescada-amarela
  • sal
  • pimenta-do-reino
  • 150 gramas de castanha de cajú torrada
  • 1 colher de sopa cheia de manteiga com sal
  • 1 colher de sobremesa de farinha de pão

– purê de banana

  • 3 bananas da terra maduras

– caruru

  • 250 gramas de quiabo
  • 1 cebola pequena
  • 150 gramas camarão seco
  • 50 gramas de castanha de caju
  • 50 gramas de amendoim
  • 2 colheres de sopa de dendê
  • 200 mL de leite de coco fresco
  • 1 xícara de caldo de peixe
  • raspa de gengibre (opcional)

– arroz

  • 1 xícara de arroz selvagem
  • 1 cebola pequena
  • 1 xícara de arroz branco
  • 1 colher de sopa de óleo de milho
  • 1 dente de alho micro picado

Modo de preparo

– caruru

Comece cortando o quiabo em cuninhos bem pequenos. Preste atenção para estarem bem secos. Deixe reservado.

Em um liquidificador bata o camarão seco com o amendoim e a castanha de caju. Deixe reservado.

Refogue a cebola ralada no dendê, junte o quiabo e vá mexendo por uns cinco minutos para liberar a baba (se não quiser a baba, adicione um pouquinho de vinagre). Acrescente o camarão seco batido com o amendoim e castanha de caju (chamado na Bahia de ‘sangue de negro’), refogue um pouco mais. Vá acrescentando o caldo de peixe à medida que for secando. Acrescente o gengibre ralado e o leite de coco e ferva até adquirir a consistência desejada. Reserve.

– arroz selvagem

Lave bem o arroz branco e deixe secar.

Refogue o alho no óleo de milho, acrescente o arroz, refogue um pouco e ponha água o suficiente para cobrir o arroz branco, salgue. Deixe ferver e abaixe o fogo. Mantenha a panela tampada até que o arroz fique pronto.

Em outra panela, cozinhe o arroz selvagem com uma cebola pequena em quatro xícaras de água. Quando estiver pronto, desligue e misture ao arroz branco.

– purê de banana-da-terra

Cozinhe as bananas com casca em água abundante por 50 minutos.

Amasse as bananas ainda quentes e acrescente, se necessário, um pouco da água do cozimento. É para formar um purê, deixe reservado.

– peixe em crosta de castanha de caju

Prepare a crosta, misturando a manteiga à castanha de caju quebrada e à farinha de pão.

Tempere os filés com sal e pimenta-do-reino, grelhe-os em uma frigideira antiaderente até que estejam ao ponto, de 3 a 6 minutos de cada lado (dependendo da altura do peixe).

Retire-os do fogo, disponha a crosta e leve-os a gratinar em uma salamandra, até que dourem. Retire-os e inicie a montagem.

Montagem da pescada-amarela em crosta de castanha de cajú

Disponha no centro de um prato uma colher de sopa de purê de banana-da-terra. Sobre ele ponha o peixe. À volta, disponha o caruru e o blend de arroz selvagem.


Deixe um comentário